Outro dia de Amor
26-05-2013

Por mais que os mecanismos de autoproteção tenham se solidificado formando carapaças que nos separam uns dos outros, não quer dizer que o amor tenha deixado de existir. Penso que as pessoas estão dificultando mais e mais essa profunda e vital experiência.

Entre os índios mapuches do Chile, o amor seria uma forma de iluminação solar, uma espécie de amanhecer para o espírito, de recuperação da aurora interna, um estado de renascimento onde a claridade das certezas transpassa a realidade e a opacidade artificial das coisas. Mas o que acontece com o amor? O que este sentimento desencadeia em nós? Amar alguém é uma reafirmação da presença do outro, é dizer-lhe “quero que você exista”, pois quem ama diz que não pode viver sem o amado. Inclusive, como depositário da própria entrega, precisa-se do outro para valorizar a própria existência.

Segundo Joaquim Xirau, filósofo contemporâneo, vivenciar o amor faz com que aconteça a generosidade, a espontaneidade, a vitalidade e a sensação de plenitude. Mas Kalil Gibran, escritor libanês, é tocante em sua descrição. Quem já sentiu, sabe:
"Quando o amor vos fizer sinal, segui-o; ainda que os seus caminhos sejam duros e difíceis. E quando as suas asas vos envolverem, entregai-vos; ainda que a espada escondida na sua plumagem vos possa ferir.
E quando vos falar acreditai nele; apesar de a sua voz poder quebrar os vossos sonhos como o vento norte ao sacudir os jardins...
...O amor não possui nem quer ser possuído...
...mas se amarem e tiverem desejos, deverão ser estes:
Fundir-se e ser um regato corrente a cantar a sua melodia à noite.
Conhecer a dor da excessiva ternura. Ser ferido pela própria inteligência do amor, e sangrar de bom grado e alegremente. Acordar de manhã com o coração cheio e agradecer outro dia de amor..."

Vale à pena ler inteiro. Pesquisando sobre o amor, em nenhum momento li que tal experiência esteja vinculada ao dinheiro ou à aparência, mas sim ao encontro das essências. Vamos cultivar?

Compartilhe:
 
Envie por e-mail:
Imprimir: